quarta-feira, 16 de março de 2016

Nesta Quaresma...



( " Pelo Estado Português para defender os valores e virtudes cristãs")


Nesta Quaresma as nossas orações e intenções andam redobradas. Sempre as confiamos a Maria no início de cada oração familiar.


Quando o tempo está bom, gostamos de viver a Quaresma em contato com a Natureza, louvar e agradecer todos os dons, graças e remédios naturais que Deus nos dá pela criação: o Sol, o contato com a terra, respirar profundamente, fazer caminhadas na natureza, observar os animais, confiar em Deus em tudo... Sim, para nós são remédios, pois ajudam-nos a encontrar a beleza de Deus em tudo e a curar o nosso cansaço diário. 

Para além da vivência dos sacramentos e da Santa Eucaristia, fundamentais na nossa Quaresma, temos também como forma de encontro com Deus, viver profundamente estes dons...













Rezo para que o Senhor nos abençoe a todos nesta Quaresma e em especial todas as famílias de Caná.

domingo, 13 de março de 2016

Ser Aldeia e as 24 horas para o Senhor

A nossa Aldeia de Caná está viva, pois é o Senhor que a sustenta na palma das Suas mãos. Apesar dos passos pequeninos, e no meio de tantos contra tempos e falta de apoio, caminhamos na simplicidade e principalmente no recolhimento das nossas orações e no desejo de dar mais ao Senhor.

Com esse espírito, recebi a mensagem da Paula Sequeira, uma das famílias da nossa Aldeia:

" Encontro marcado hoje pelas 22 h na Igreja Matriz de Proença. 1h a rezar pelo Senhor. Abramos o coração ao Senhor e deixemo-nos conduzir pelo Seu Espírito. Que ninguém fique sem responder ao apelo do Papa."

Fiquei tão feliz pelo seu gesto de amor. Ser Aldeia é isto, pequenos gestos de amor, em que cada um se compromete nas pequenas coisas a reerguer os outros rumo à vontade do Pai. Ser Aldeia é sacrifício e alegria misturadas, é sonhar alto, bem alto....

https://www.facebook.com/paroquiasproenca/photos/a.246398592237416.1073741834.244791629064779/489909361219670/?type=3&theater

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Os jovens e a Palavra de Deus

Com a Quaresma também estamos a retomar os encontros com o grupo de jovens. Como eu gosto de um círculo animado, onde as gargalhadas e dúvidas dos jovens se misturam e se iluminam à luz da Palavra de Deus. O nosso encontro foi muito simples, familiar. Sentados em círculo as questões iam sendo colocadas e para quem se sentia envergonhado ou mais reservado levei o YouCat ( catecismo jovem), para folhearem e se focarem numa questão para debatermos. O encontro foi animado e os temas foram eles que escolheram: o namoro, a posição da Igreja em relação às relações sexuais antes do casamento, as relações homossexuais, o amor verdadeiro numa relação, a misericórdia de Deus. Aprendo sempre tanta coisa com eles e é uma maneira de aprofundar temas tão importantes. Como é urgente  a Palavra de Deus estar presente na orientação das dúvidas e desafios dos jovens.


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

A dor e alegria na Quaresma

Os dias de chuva têm sido muito bem aproveitados, o Gabriel adora as suas experiências...


A Clarinha e a Sofia as suas pinturas e brincar com os bebés...



Ou então pegarem nos patinhos bebés...


ou visitar as cabritas que já nasceram...



 Temos dedicado mais tempo à palavra e Deus em família e os nossos serões são cada vez mais divertidos com jogos que todos participam. Para mim, mesmo no meio de dificuldades, preciso de encontrar todos os dias momentos de partilha e alegria em família, momentos em que nos divertimos. 


Dias antes do início da Quaresma, contemplávamos no canto de oração e eu meditava na dor e na alegria da cruz. Não há verdadeira alegria que não tenha sido gerada com alguma dor e não há dor que não venha para nos mostrar uma nova alegria, um novo caminho a seguir para nos tornar melhores. Isto acontece em tudo na nossa vida. A alegria e dor são inseparáveis e é preciso amá-las para seguir o Senhor. Alegria sem alguma dor é passageira, não criou raízes no nosso coração. E se vivemos a dor, fechados em nós mesmos e não nos agarramos à alegria das promessas de Cristo, perdemos uma grande oportunidade de descobrirmos uma alegria e força que o Senhor nos quer mostrar. Os verdadeiros momentos de alegria que o Senhor me mostra na minha vida surgem não por sorte, mas com o meu esforço, com a minha entrega e alguma dor em alcançá-los. Se amamos e o nosso amor não nos causa alguma dor, sacrifício e esquecimento de si é porque o nosso amor ainda não é maduro. Toda a mãe sabe não há coisa mais bela que ter um filho nos braços e vê-lo crescer, mas por detrás dessa grande alegria há muito trabalho, noites sem dormir, sacrifícios. Mas que peso tem tudo isso relativamente à alegria da sua presença?  



Nesta Quaresma quero mergulhar na alegria da nossa salvação, fruto da entrega, do amor e sofrimento do Senhor na sua paixão na Cruz. Quero ser o rosto alegre de Cristo e viver sem medo as dores da vida compreendendo que não há dor sem alegria.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Histórias da Bíblia

Como tem sido costume na escola da Clarinha e do Gabriel, a semana da leitura aconteceu. Cada dia da semana, o jardim de infância e o 1º Ciclo juntaram-se para ouvirem uma história. Quarta-feira, foi o meu dia, mas desta vez fiz equipa com o Gabriel. Ainda se lembram da história do ano passado? Este ano foi a história de Jonas.  Levei uma "caixa de surpresas" carregada. Enquanto o Gabriel ia lendo a passagem Bíblica, e eu contava pequenos pormenores, as personagens saltavam da caixa e davam vida à história.  No fim, deixei uns desenhos para eles colorirem e pensarem na história. Gostei imenso. Obrigada pela oportunidade!   




Nunca me cansarei de repetir e de reler cada história da Bíblia e contá-la...

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

A Palavra de Deus

Este ano o Gabriel está no 4ºano da catequese. A Festa da palavra na nova paróquia foi logo no início do ano onde todos os meninos receberam a sua Bíblia. No final da celebração fui cumprimentar o padre Paulino, o sacerdote nosso amigo que celebrou a missa e entregou as Bíblias. Pedi-lhe que escrevesse algumas palavras para o Gabriel e assinasse para recordação. 

-" Ainda te lembras da promessa que fizeste na missa?"- perguntou-lhe. Ele acenou com a cabeça.
-" A Bíblia não é para ficar na prateleira como ornamento e ganhar pó,  mas sim para ser aberta todos os dias um pouquinho e ouvirmos o que  Jesus tem para nos falar...."

Cá em casa há algumas Bíblias, mas quando ele recebeu a sua começou logo a explorar os mapas das viagens de São Paulo e todos os anexos no fim da mesma e fazia muitas perguntas. Além de ele pegar na Bíblia para a explorar e ler sozinho, desde então, depois das manas mais novas se deitarem ficamos mais um pouquinho meditando as leituras do dia e o salmo. Tem sido muito bom, pois tem sido uma disciplina também para mim. É impressionante como a Palavra de Deus responde, orienta e ilumina o nosso caminho quando temos que tomar decisões e educar os nossos filhos. O que seria de mim sem a Palavra de Deus? Sem a sua orientação? Nela encontro as raízes da minha esperança e alegria!




Sim, este é um grande tesouro! Eu sei que se os meus filhos caminharem segundo a Palavra de Deus encontrarão a verdadeira felicidade e a consolação e socorro de Deus nas dificuldades...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

As intenções de oração para Janeiro pelo Papa

Neste mês de Janeiro peçamos ao Senhor, que pela Sua infinita Misericórdia, conceda a graça a toda  a Humanidade de se sentir filho(a) amado(a) de Deus e desperte no coração de todos a única coisa que nos une : o amor. Saibamos amar...